header.png

A capacidade de ler desenvolve-se a par da capacidade de falar, desde o primeiro ano de vida. É importante que as crianças contactem com livros adequados em todas as idades. Se o contacto for diário os progressos tornam-se evidentes, para grande alegria de todos.

As crianças que contactam com livros desde cedo e ouvem histórias com assiduidade adquirem uma linguagem mais rica, tanto no que respeita à expressão como à compreensão, que a leitura facilita momentos de grande afectividade da criança com o adulto e abre o caminho para o conhecimento e a descoberta do mundo.

As crianças compreendem muito antes de saberem expressar-se. O bebé pode não reconhecer as palavras mas reconhece a melodia da palavra e da frase.

Aos 6 meses é a idade própria para começar, ela já é capaz de associar os nomes às imagens. A criança pode manipular os primeiros livros de cartão, que servem como objecto-jogo. Se segurar a criança ao colo, pode ver álbuns ilustrados e estabelecer um diálogo de sons, palavras e gestos a partir das imagens.

A partir dos 2 anos as crianças expressam-se, e querem que lhes contem histórias, elas gostam de contos populares, das personagens que lá aparecem e das repetições. Mostre livros, leia em voz alta, converse sobre as imagens e as palavras dos livros. Dê o nome aos objectos e às acções para ajudar o seu filho a alargar o seu vocabulário.

A partir dos 4/5 anos elas são capazes de seguir as personagens através das páginas, de observar o que está a ler, apontando para as palavras à medida que lê, de perceber que há uma relação entre a palavra escrita e a palavra lida em voz alta, entre a palavra impressa e o que se diz. Converse sobre as imagens ou sobre o desenrolar da história.

A partir dos 6 anos a criança está desejosa de conseguir ler sozinha, mas continua a gostar que os adultos lhes leiam alto. Procura os livros preferidos e lê livros novos. Gosta de descobrir nos livros as letras, sílabas ou palavras que já reconhece. Gosta de “ler”, fazer de conta que imita os adultos lendo para os mais novos.

Quando a criança começa a saber ler deixe-a ler palavras e frases simples, leia a par. Para além dos livros é importante aproveitar, de forma divertida, todas as oportunidades em que, no dia-a-dia, a leitura é uma descoberta: nos anúncios na rua, na televisão, nos jornais; num recado que vem da escola; num manual de instruções de um brinquedo que é preciso montar; nos jogos educativos em computador.

Share