header.png

O Projecto “Crescer a Ler”, é uma iniciativa da APEI em Parceria com o PNL, o grupo Leya e o programa Bookstart, do Reino Unido.

Foi lançado nos Encontros Ser Bebé V em Lisboa e em Coimbra respectivamente a 17 de Outubro e a 7 de Novembro de 2009 e, também apresentado na III Conferência Internacional do Plano Nacional de Leitura, a 23 de Outubro de 2009 na Fundação Calouste Gulbenkian.

Teve a sua génese no projecto “O Meu Brinquedo é um Livro” que resultou de uma parceria com a APP Associação de Professores de Português, em 2005. Manuel Campos da APP foi o mentor que fez crescer a ideia para a converter em acção, com a sua visão e entusiasmo cativou vários profissionais e foi determinante para muitas das parcerias estabelecidas na altura.

Após três anos de existência a APEI propôs-se repensar toda a estratégia de desenvolvimento do projecto, de forma a torná-lo mais dinâmico e apostando num novo formato.

Actualmente o pacote é constituído por 1 mochila, 1 livro, a ser escolhido numa lista de 6, e um guia para pais. Este novo pacote tomou outra dimensão e versatilidade onde o livro pode ser escolhido em função da idade para que possa fazer parte da vida de cada criança por mais tempo e de forma mais significativa.

Na escolha dos livros, em parceria com o Grupo Leya, foi dada prioridade a autores e ilustradores portugueses. Nos livros destinados a crianças mais novas não foi possível utilizar o mesmo critério.

 

Os grandes objectivos do programa são:
• cultivar o gosto pelo livro;
• promover o gosto pela leitura em contexto familiar;
• proporcionar momentos de encontro e de afecto entre pais e filhos;
• favorecer a chegada à escola de alunos com apetência pelo livro e gosto pela leitura.
• promover espaços de sensibilização sobre estas matérias junto de pais e técnicos, nomeadamente, no momento de oferta dos pacotes aos bebés, em cerimónias públicas

 

Queremos apostar numa dinâmica que permita:

chegar a mais famílias;
chegar a mais crianças;
diversificar as obras disponíveis;
que o contacto com a leitura por prazer constitua um valor acrescentado contribuindo para que cada criança seja um leitor;
que o livro tenha uma dimensão literária e afectiva e faça parte da vida de cada criança, por mais tempo e de forma mais significativa;
proporcionar à criança a sua primeira “biblioteca” com ilustração de qualidade e conteúdos diversificados;
manter o guia para pais, conceber e disponibilizar outro material de apoio em diferentes suportes;
criar redes de colaboração com bibliotecas escolares e públicas, serviços de educação, cultura e saúde e também com organizações da sociedade civil que possam potenciar a disseminação de oportunidades de formação e reflexão para pais e profissionais.

 

Quem pode participar adquirindo os pacotes Crescer a Ler

Podem participar no projecto todas as entidades e grupos ou pessoas singulares que queiram oferecer livros a bebés e crianças:
• Autarquias locais (câmaras municipais e juntas de freguesia)
• Associações de Pais
• Serviços, entidades e profissionais da área da Saúde (centros de Saúde, hospitais, médicos de família, pediatras…)
• Serviços, entidades e profissionais da área da cultura
• Estabelecimentos de educação e ensino públicos e privados
• Empresas
• Fundações e outras organizações da sociedade civil

 

Share